11 junho 2016

Quem se importa?

Estamos em Junho, no Outono, e tem feito extremo frio em São Paulo, amanhecendo com temperaturas entre 4°C a 6°C e durante o dia ficamos entre 14°C a 19°C. Como será o nosso Inverno!!? 

É muito frio, sofremos, parece que dói até nos ossos, não é verdade? Mesmo estando dentro de nossas casas nos acobertamos, nos aconchegamos uns nos outros debaixo de edredons e bebericamos nosso reconfortante chocolate quente com canela ou algo assim que nos aqueça, nos conforte.

Mas...e os moradores de rua? como ficam? Muitos falecem por causa do frio extremo, da fome, da dor além do abandono. É muito triste. 

Faço esta postagem, com base numa outra da querida amiga Rosa (blog A Rosa na Janela).

https://arosanajanela.blogspot.com.br/2016/06/juntando-os-caquinhos.html?showComment=1465658813616#c6102433555761343308

Texto longo, muitíssimo bem escrito mas o principal carregado de emoção, de sentimento de amor e solidariedade.

Façamos a nossa parte individual, aquela parte que só a própria consciência sabe e vê. Façamos a nossa parte coletiva auxiliando as pessoas em situações de rua e evitando que corram o risco da violência, da morte.


Se você souber de alguém nessa situação, ligue para 156 e solicite que venham convidar essas pessoas a irem aos Centros de Acolhimento para que tenham a chance de terem onde ficar, à noite, onde poderão tomar banho, ter comida e cama para dormir. Eles não obrigam a pessoa a ir, apenas vão até ela e a convidam. O livre arbítrio de escolha é 100% deles, se aceitam ou não. Alguns, não querem ir porém devem ser respeitados afinal cada qual escolhe o que quer para si! Mas a chance, a oportunidade deve ser oferecida.

Mais informações, no site abaixo:

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/assistencia_social/populacao_em_situacao_de_rua/index.php?p=3183 

Sugiro outro site onde há algumas Oficinas, serviço de Acolhimento e outros serviços sociais:

http://www.guiadedireitos.org/index.php?option=com_content&view=article&id=873&Itemid=188

Ambos em São Paulo(SP) mas se você está em outra cidade, outro Estado, procure se informar onde há tal ajuda. Pesquise no Google palavras chave tais como  "albergue para moradores de rua em _____(digite o nome da sua cidade)"

Divulgue entre seus vizinhos, amigos, familiares, conhecidos, no mural da igreja, da escola, do condomínio, etc em sua respectiva cidade onde ficam os centros de acolhimento, telefones e sites. Faça links no seu blog, no facebook onde podem solicitar ajuda para essas pessoas.  

Um simples telefonema ajuda mais do que apenas olhar, sentir dó e continuar seguindo em frente, sem nada fazer.

Sobre animais, principalmente cães e gatos abandonados, há também ajuda para eles. Faça a pesquisa no Google com suas palavras-chave ou apenas com essa: resgate animais abandonados

e verá "n opções" onde podem ser acolhidos e ajudados.

Enfim... 
... por sua atenção, te digo:  Obrigada.
... por sua atenção + atitude de ajudar:  Muitíssimo Obrigada


 

09 junho 2016

09 de JUNHO


Hoje, 09 de junho, mais um ano de aniversário do nosso casamento construído com base no amor, companheirismo, carinho, cumplicidade, ternura, amizade e admiração um ao outro.



Amado companheiro de tantos momentos: os bons e os difíceis. Quantas histórias teremos para viver!! E continuo renovando, a cada ano, o meu compromisso de amor contigo. 





Juntos...nos ajudando a evoluir como pessoas individuais que somos mesmo com nossas diferenças de opiniões, de gostos, mas mesmo assim cúmplices e apoiadores nas escolhas de cada um!

Somos seres únicos que se somam através das nossas diferenças e experiências.

E desde o 1º dia, até hoje, você sempre me fez sentir muito bem ao teu lado como se já te conhecesse a muito, muito tempo mesmo sem nunca ter te visto antes.



Amo acordar, todos os dias, com teu carinho em palavras e gestos, de começar o meu dia ouvindo o teu "bom dia" sempre com aquele sorriso moleque na boca que o tempo não desvanece e ao qual retribuo. Sentir o aconchego de teu abraço a qualquer momento do dia, as risadas que você me faz dar com suas tiradas humorísticas mesmo quando estou de mau humor, braba contigo ou de TPM. 

E assim, prosseguimos como começamos, continuamos juntos no trabalho do "pão nosso de cada dia", juntos nos momentos de laser, nos cuidados com a família e com a casa. Juntos, recebendo amigos antigos e fazendo novas amizades.


Compromissado comigo, com os filhos que criamos com muito amor e agora - independentes - partilhamos para o mundo.




Agradeço a Deus pela pessoa especial que Ele colocou na minha atual jornada terrestre como amigo-marido-companheiro.

LinkWithin



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...